Início / Cidade / Curso Empreenda reúne 16 empresários na FEUC

Curso Empreenda reúne 16 empresários na FEUC

Curso Empreenda reúne 16 empresários na FEUC

Laboratório da FEUC deve gerar receita a partir de novembro, prevê o diretor

 

Dezesseis (16) empresários de São José e região participaram do curso Empreenda, que foi realizado de segunda a sexta-feira desta semana (15 a 19 de outubro) no prédio da FEUC, sendo uma realização da parceria entre o Sebrae, a FEUC e a ACI de São José do Rio Pardo. Na próxima semana os participantes terão duas horas de consultoria remota, para reforçar todo o conteúdo que viram nos cinco dias do curso, tirar dúvidas e ver as melhores ferramentas a serem usadas em cada empresa.

Valter Furuí Abelem, facilitador do Sebrae, disse ao jornal que o curso Empreenda trabalha o processo empreendedor nos participantes, sendo, portanto, a resposta a uma demanda que os clientes do Sebrae vêm apresentando ao longo dos anos. “Este é um curso em que a gente trabalha todo um processo empreendedor, não só o comportamento, não só as ferramentas de gestão. A gente considera que um negócio, para que tenha mais chances de dar certo, que tenha um processo no qual se trabalha o comportamento, a ideia, a criatividade, a inovação. Eu ouço o mercado, trabalho a busca por resultados desse negócio e uma apresentação do negócio no final do curso”, prosseguiu.

A vantagem em fazer cursos assim, segundo Valter, é proporcionar aos participantes um preparo, um planejamento das ideias que eles já possuem, aumentando assim as chances de sucesso. Além disso, o acesso a informações é hoje maior e disponibilizado por órgãos como o Sebrae. Valter assegura que cursos como o Empreenda facilitam não somente quem já é estabilizado no mercado, mas também quem está começando algum negócio e se sente ainda muito pequeno para competir no ramo escolhido da sua atividade.

Parcerias

Sebastião Luiz Serafim, diretor administrativo da FEUC, disse que o evento confirma a importância da Faculdade Euclides da Cunha ter-se aberto para receber e sediar outros órgãos, como o próprio Sebrae, Banco do Povo e Procon. Ele explica que tais eventos fazem um bom marketing da Faculdade perante o público participante.

Laboratório

A partir de novembro, segundo Serafim, a expectativa da direção da FEUC é que ela “ande com as próprias pernas e não use mais recursos da Prefeitura”. Serviços que deverão ser prestados pelo Laboratório da faculdade para a Prefeitura rio-pardense e outras Prefeituras da região devem gerar receitas importantes. Análises de água, análises de solo e outros exames farão parte desses serviços previstos para angariar dinheiro e, com isso, pagar as despesas mensais que, atualmente, ainda são bancadas pela Prefeitura.

“Para o futuro, a FEUC, ao invés de ser um peso para a Prefeitura de São José do Rio Pardo por usar verbas dela, irá, ao contrário, ajudar a Prefeitura rio-pardense”, previu o diretor. Ele atribui como principal razão para esse otimismo o fato de trazer o Laboratório Municipal para dentro da faculdade.

Segundo ele, a criação do curso de Biomedicina propiciou essa transferência e os exames feitos no Laboratório são pagos com recursos do SUS, que separa para a Secretaria da Saúde do município um valor previsto na Lei das Diretrizes Orçamentárias. Esse valor oriundo do SUS irá para a FEUC a partir de novembro, quando ela passar a executar os serviços laboratoriais.

Participantes do curso do Sebrae na FEUC: haverá consultoria remota na próxima semana

Confira também

Amigos do João Pedro Barbosa e do Djalminha farão jogo festa e beneficente dia 19-12-2018 no campo do Vasco

Amigos do João Pedro Barbosa e do Djalminha farão jogo  festa e beneficente dia 19-12-2018 ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *